Alice Gonçalves Freitas



Alice Gonçalves Freitas
Vencedor
Organização: Rede Asta
Tema: Venda de produtos artesanais criativos feitos por mulheres de classes desfavorecidas
Lugar de Atuação: Rio de Janeiro - RJ
Problema que aborda

O projeto Rede Asta atua no treinamento de mulheres artesãs para que elas consigam administrar seus negócios de forma mais efetiva. Nesse sentido, a organização orienta sobre a formação de redes de produção, a criação de canais de venda, o acesso a mercados e a criação de redes. O trabalho da Rede Asta resulta no fortalecimento dos empreendimentos produtivos de classes menos favorecidas, o que contribui para a diminuição da desigualdade social brasileira.


Modelo de intervenção

Dos 64 grupos integrantes da Rede Asta, 97% são legalizados e contam com uma renda média mensal de R$ 1 mil por pessoa. Todos recebem treinamento técnico e, posteriormente, participam de cursos na Escola das Produtoras. Trata-se de um projeto inovador, ainda em fase de elaboração e captação, que foi idealizado pela Rede Asta com o foco na mulher brasileira artesã. Existem hoje no Brasil 33 mil empreendimentos solidários, que empregam mais de 7 milhões de pessoas e movimentam R$ 8 bilhões (0,15% do PIB) por ano. Destes, cerca de um terço confeccionam artesanato e produtos têxteis, gerando R$ 23 milhões em receitas por mês. Embora relevante em termos econômicos, este é um setor frágil. A maior parte dos empreendimentos (67%) tem dificuldade com a comercialização e não conta com meios de promoção dos produtos (apenas 1% utiliza comunicação de maior alcance).

Impacto Social

A Rede Asta teve início em 2005, quando apoiou um grupo de 30 mulheres em uma cooperativa de catadores de Campo Grande, na periferia do Rio de Janeiro. O faturamento total em vendas naquele ano foi de R$ 15 mil. Quase dez anos depois, em 2014, a Rede já contava com 800 artesãs, divididas em 64 grupos distribuídos em 10 estados brasileiros. O faturamento chegou a R$ 1,2 milhão. O índice de satisfação dos grupos é de 81% e mais de 80% consideram que sua renda aumentou após o trabalho com a Rede Asta.

Dimensão econômico-financeira

Os recursos da Rede Asta são obtidos por meio da comercialização dos produtos. Já a captação de recursos representa em torno de 34% das receitas da Rede. Em 2014, os recursos mais importantes vieram da Fundação Chanel (única organização apoiada por eles no Brasil - R$ 400 mil) e da Chevron (R$ 600 mil).

Potencial crescimento

Por meio de um indicador de Renda Mensal por Grupo Produtivo, a Rede separou os grupos em curvas A, B, C e D. Estão na curva A os grupos que faturam mais de R$ 1 mil por mês com a Asta. Na curva D, os que faturam menos de R$ 300 mensais. Hoje, 56% dos grupos estão nas curvas A e B. A meta é elevar esse porcentual para 90% até o final de 2015. Para isso, a Rede promoverá, além de treinamentos, parcerias de longo prazo que permitirão acesso a um mercado constante e relativamente estável.

História pessoal

Em 2003, Alice Gonçalves Freitas e a amiga Renata Brandão se uniram para a criação de um projeto chamado Realice. Elas deixaram a vida corporativa e colocaram à venda tailleurs e sapatos de salto alto. Com o dinheiro arrecadado em um bazar deram início ao projeto, que tinha como principal objetivo estimular os jovens para o trabalho voluntário e criar um banco de dados de boas ideias em três áreas sociais, entre elas a geração de renda. O projeto cresceu e ganhou a chancela da Unesco e do MRE (Ministério das Relações Exteriores); recebeu a participação de 15 novos parceiros e ainda o patrocínio parcial da Osklen. Com este apoio, as amigas visitaram a India, Bangladesh, Tailandia e Vietnã em busca de pesquenas iniciativas sociais que deram certo. Rachel Schettino, outra amiga de Alice, também aderiu à iniciativa e, a partir daí, elas criaram o projeto voltado para artesãs. "Rachel é uma locomotiva e sem ela a Asta certamente não existiria, ou existiria de outra forma, porque eu sabia que sozinha não daria conta", afirma Alice.


Endereço

Rua Sargento Pinto de Oliveira, 84 – Ramos
Rio de Janeiro – RJ
Telefone: (21)2560-5356
E-mail: Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.
Site: www.redeasta.com.br