Claudia Vidigal



Claudia Vidigal
Organização: Associação Fazendo História
Tema: Colaboração com o desenvolvimento de crianças e adolescentes que precisam de acolhimento institucional ou familiar, contribuindo para fortalece-los .
Lugar de Atuação: Brasil

Problema que aborda

O acolhimento é uma medida de proteção prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente para casos de violação ou ameaça de direitos. Isso deve ser feito por meio de abrigos institucionais, casas lares ou famílias acolhedoras, que ofereçam espaço para proteção, formação de vínculos de confiança, além de desenvolvimento da autonomia e da criatividade. Trata-se de um desafio, pois, em sua maioria, são locais que contam com funcionários pouco qualificados e estratégias de atendimento massificadas. Outra tarefa difícil é explicar para as crianças e adolescentes quais os motivos que os levaram a essa situação, já que 90% deles têm famílias, embora estejam afastados delas.

Organização: Associação Fazendo História
Tema: Colaboração com o desenvolvimento de crianças e adolescentes que precisam de acolhimento institucional ou familiar, contribuindo para fortalece-los .
Lugar de Atuação: Brasil

Problema que aborda

O acolhimento é uma medida de proteção prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente para casos de violação ou ameaça de direitos. Isso deve ser feito por meio de abrigos institucionais, casas lares ou famílias acolhedoras, que ofereçam espaço para proteção, formação de vínculos de confiança, além de desenvolvimento da autonomia e da criatividade. Trata-se de um desafio, pois, em sua maioria, são locais que contam com funcionários pouco qualificados e estratégias de atendimento massificadas. Outra tarefa difícil é explicar para as crianças e adolescentes quais os motivos que os levaram a essa situação, já que 90% deles têm famílias, embora estejam afastados delas.

Impacto Social

Por mais de dez anos, o IFH tem mobilizado pessoas da sociedade civil e recursos financeiros para a sua causa. Mais de 5000 crianças e adolescentes já foram beneficiados. Além de intervenções diretas em mais de 250 instituições, o Instituto tem como um de seus valores o conhecimento compartilhado. Para isso, mais de 15 publicações contribuem para sistematizar conhecimentos técnicos, direcionando-os a educadores e gestores. As publicações são distribuídas, em sua grande maioria, de forma gratuita - em seminários, oficinas e encontros de formação - e ficam ainda disponíveis em PDF no site do Instituto. Oficinas são filmadas e gravadas e podem ser visualizadas na rede (Youtube). O principal impacto social, portanto, é a formação de parâmetros nacionais de acolhimento, que são seguidos como referência neste trabalho.

Dimensão econômico-financeira

O Instituto conta com uma coordenadora financeira desde a sua fundação. A contabilidade é feita por uma empresa profissional – Masetti Contabilidade e auditoria. Relatórios mensais são gerados, indicando receitas, despesas, planejado/executado, valor investido por rubrica e valor investido por programa. A cada três meses, um relatório com mais detalhes é produzido.

Potencial de crescimento

Com os recursos provenientes da premiação, o Instituto pretende investir em duas ações, além de direcionar 15% para o fundo de sustentabilidade. Uma delas é o projeto de Apadrinhamento Afetivo. O objetivo é ampliar o processo de recrutamento, seleção e formação dos novos padrinhos. A outra ação é o fortalecimento da comunicação estratégica. Neste caso, a ideia é promover avanços e inovações para as ferramentas de comunicação, principalmente no relacionamento com os stakeholders.

História pessoal

Claudia Vidigal teve uma infância marcada por uma família forte, presente e que sempre a apoiou. Isso fez com que ela se sensibilizasse em relação às crianças que não tiveram o mesmo acolhimento e suporte que ela teve. Claudia começou a trabalhar com acolhimento de crianças aos 18 anos e, na faculdade de psicologia, percebeu que haviam ferramentas que poderiam amenizar esta ausência. Há 23 anos, ela tem trabalhado com este objetivo. Ela começou como voluntária, depois foi estagiária, e hoje é responsável pelo Instituto Fazendo História. Até hoje, a cada criança que precisa de acolhimento, Claudia ainda se emociona como na primeira vez, aos 18 anos.


Endereço

Associação Fazendo Historia
Av Diógenes Ribeiro de Lima 661
São Paulo – SP
Telefone: 30219889
Email: Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.
Site: www.fazendohistoria.org.br